Caminhos da Italia Calabria Real Time Analytics
Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

 

Calabria

 Calabria

Eterna gratidão aos Bronzes de Riace, as duas estupendas estátuas gregas que foram recuperadas no mar e estão expostas, desde o início da década de 80, no Museu Nacional da Magna Grécia em Reggio Calabria. Graças à irresistível atração exercida por essas duas obras primas(uma delas atribuída a Fidia, grandíssimo escultor grego do século V a.C), milhares de turistas começaram a visitar a Calábria

E com isso, muitos deles finalmente descobriram, com gloriosa e admirada surpresa, uma terra belíssima, uma mar contagiante, uma natureza esplêndida e ao mesmo tempo selvagem, obras arquitetônicas e artísiticas em grande número e qualidade insuperáveis. Este museu também abriga importantes coleções arqueológicas das artes paleolítica, bizantina e árabe, relíquias da idade do bronze e do ferro, aparatos de túmulos, tábuas pictóricas, entre outras. 

 

Em Cosenza, pode-se visitar o Museu Interdiocesano, o Tesouro da Catedral e o Museu Cívico com seu acervo de bronzes pré-históricos, instrumentos e peças fabricadas no período paleolítico.


Extraordinária...fascinante Calábria das mil e refinadas surpresas. De finíssima beleza, por exemplo, é o Codex Purpureus, um raríssimo evangelário grego do VI século, conservado no Museu Diocesano da cidade de Rossano, redigido com letras argentadas e ilustrado com esplêndidas e elegantíssimas figuras e cenas religiosas. Uma agradável surpresa, para quem a vê pela primeira vez, é a pitoresca costa de Tropea, sobre o Mar Tirreno. A Calábria também é banhada pelo mar Iônio. 


Mas na Calábria, é bom repetir: as surpresas não acabam nunca. 


Símbolo


Território

A região fica no extremo sudoeste da Itália, banhada pelos mares Tirreno e Jônico. É uma região extremamente montanhosa com o espigão central dos Apeninos cruzando todo o seu comprimento. As fraldas das suas montanhas são densamente povoadas com pesada mata. As costas marítimas tem panoramas de selvagem beleza. 


Cidades

A capital regional é Catanzaro. Reggio Calabria é a sede do Conselho Regional. Cosenza, Crotone e Vibo Valentia são outras cidades importantes. 


Arte

A região tem uma rica herança de relíquias da civilização artísitica local. Escavações arqueológicas trouxeram à luz antigas colônias em: Sibari, Crotone, Catanzaro, Locri e Vibo Valentia. Em Cosenza e Reggio Calabria, podemos ver relíquias da era romana, como: banhos, teatros e pontes. Os edifícios religiosos demonstram influência bizantina, datando da época de quando a região fazia parte do Império Bizantino. O estilo gótico teve uma grande difusão durante o século XIII. O estilo renascentista aparece nas pinturas. A influência barroca pode ser observada em muitos monumentos. 


A serem visitados

Turistas podem fazer excursões ao distrito de Sila e suas lagoas. Além disso, há a Villa San Giovanni (no estreito de Messina), Sibari, Crotone e a ilha de Capo Rizzuto


Províncias: Cosenza, Crotone, Catanzaro, Vibo Valentia, Reggio Calabria

Sites relacionados: Regione Calabria

Assuntos relacionados: Associações italianas, Arquivos de Estado - Calabria, Sabores da Itália - Calabria

Fonte: ENIT - Agência Nacional Italiana de Turismo

Sobrenomes italianos